Candidíase na vagina – O que pode causar a cândida na vagina?



Compreenda o que pode causar a candidíase na vagina

A vagina é o ambiente mais propício no corpo humano para desenvolvimento da candidíase. É um local úmido, abafado, escuro e quente. A candidíase na vagina é muito mais comum do que você imagina. Até mesmo crianças e adolescentes virgens podem ter candidíase na vagina e no pênis, então não pense que você só pega candidíase ao ter relações sexuais, pois isso está longe de ser verdade!

Candidíase na vagina

O pH da vagina é levemente ácido e isso já favorece a proliferação de fungos que normalmente já vivem na pele como é o caso da candida albicans (falamos aqui em candida albicans, mas tudo o que falamos aqui vale para todas as espécies de cândida como candida sp (ou spp), tropicallis, entre outras. Não há diferença alguma entre as espécies em termos de causas, tratamentos, etc.). É preciso compreender bem esse ponto: a cândida é um fungo hospedeiro do corpo humano. Todo mundo com mais de alguns meses de vida tem cândida na pele e no trato digestivo, sem exceção. A candidíase não é uma questão de “pegar o fungo” como algumas pessoas pensam, mas simplesmente um crescimento excessivo da população desse fungo. Essa população maior de cândida irrita a pele e causa os sintomas como ardência, coceira, vermelhidão e inchaço. Não existe isso de “pegar o fungo” porque você já tem o fungo em seu corpo!

Então como se pega candidíase na vagina?

Isso é uma noção falsa. Candidíase não se “pega”. Em alguns casos, é possível entrar em contato com uma quantidade de cândida muito grande e isso causa irritação na pele, ou seja, os sintomas de candidíase, mas a candidíase recorrente não se pega, se desenvolve.

A cândida é um fungo oportunista, ou seja, vive normalmente na pele e espera uma oportunidade, uma vulnerabilidade no corpo da pessoa, para que se reproduza além da conta. Essa oportunidade pode vir em várias formas, desde uso de pílula anticoncepcional, má alimentação, debilidade imunológica, diabetes, doenças imunodepressoras, uso de antibióticos, uso de Roacutan (mesmo que o tratamento já tenha terminado há décadas!), acidez corporal (que é uma consequêcia da má alimentação, intolerâncias alimentares, renite alérgica, outros tipos de alergias, enfim, a lista vai longe.

Entendendo o que causa a candidíase na vagina

Para entender o raciocínio do que causa candidíase, é preciso compreender como o fungo candida albicans funciona. A cândida é um fermento que vive em ambiente levemente ácido (não sobrevive em ambientes alcalinos), se alimenta de açúcar e possui sua população no corpo humano controlada por outros microorganismos como bactérias (com ênfase para os famosos probióticos como os lactobacilos vivos), anticorpos e pelo pH do corpo quando pende para o lado mais alcalino.

Se você compreender bem esse parágrafo acima, você tem tudo o que você precisa para identificar o que causa a candidíase em você e evitar a doença.

O que acaba causando a candidíase na maioria das mulheres é uma combinação infeliz resultante da vida moderna: maus hábitos alimentares + sedentariedade + uso de medicamentos para tratamento de outras doenças, com ênfase para depressão, ansiedade, distúrbio bipolar e medicação para pressão e colesterol, uso de pílula anticoncepcional + intolerâncias alimentares + stress + alterações homonais (o que inclui terapia de reposição hormonal para menopausa).

Você não precisa ter todos esses fatores juntos para ter candidíase! Em alguns casos, basta 1 só fator muito potente como medicamentos e pílula anticoncepcional, mas na maioria dos casos, é uma combinação de mais de 1 fator que acaba causando a recorrência da candidíase.

O livro Candidíase Tem Cura explica bem como fazer testes para identificar qual a causa exata da sua candidíase e a partir dessa informação então, trabalhar para reverter essa causa ou neutralizar os efeitos com relação à candidíase caso seja algo que você não possa curar como diabetes ou AIDS.

Comentários

Para adicionar uma foto ou imagem ao seu comentário crie um "gravatar", clique aqui.
Ao preencher o formulário para comentar, use o mesmo e-mail usado no site Gravatar.


1 Comentário to “Candidíase na vagina – O que pode causar a cândida na vagina?”
  1. Juliana says:

    Boa Tarde,
    segundo minha ginecologista tenho uma tendencia a flora exacerbada e consequentemente candidíase. Fiz por 1 ano acompanhamento com nutricionista e ginecologista, mas agora por conta das espinhas comecei a tomar roacutan e logo após o uso, comecei a sentir todos os sintomas novamente. Será que a causa é o roacutan? Se eu continuar o tratamento com o roacutan, após terminá-lo a flora volta ao normal ou não?
    Obrigaada, tenho 23 anos.

Entre na conversa!

Deixe aqui sua opinião.

A seção de comentários é uma ferramenta de interação entre leitores e feedback para o autor. Não faça perguntas para o autor através dessa seção, o autor não poderá responder.

Current day month ye@r *