Candidíase no pênis – O que pode causar cândida no pênis?



Compreenda o que pode causar a candidíase no pênis

A candidíase no pênis não é tão comum quanto a candidíase vaginal. Isso porque o pênis não é um local apropriado para que a candida albicans se reproduza a ponto de causar a candidíase. Explico: A candida albicans (e também qualquer outra espécie de cândida como candida sp) é um fungo que vive normalmente na pele de todo mundo, portanto “ter” cândida na pele não implica em candidíase.

Candidíase no pênis

A candidíase é uma infecção causada pelo aumento exagerado da população desse fungo. Como você deve se lembrar de suas aulas de biologia e ciências na escola, fungos gostam de locais fechados (abafados), úmidos, quentes e levemente ácidos. A vagina é um local que bate com todas essas especificações. O pênis, porém, não é.

A candidíase no pênis, portanto, exige que algo muito sério esteja ocorrendo no corpo do homem para que se manifeste, pois do contrário, os mecanismos normais de combate à proliferação exagerada da cândida no corpo funcionariam normalmente como ocorre com todo mundo que tem cândida no corpo, mas nunca desenvolve a candidíase.

A maioria, senão 100% dos casos de candidíase no pênis, envolve alguma condição mais séria de saúde, muitas vezes desconhecida do homem, que está debilitando seu organismo e permitindo com que a cândida, que é um fungo oportunista, tire vantagem dessa vulnerabilidade e se reproduza em excesso.

Veja os casos mais comuns que estão relacionados à candidíase no pênis


A caso mais comum é diabetes. Praticamente todos os pacientes de diabetes, homens e mulheres, têm que lidar com episódios ocasionais ou frequentes de candidíase. Isso porque a diabetes afeta tanto o sistema imunológico, quando a forma como o corpo lida com o açúcar e ambas as condições favorecem a proliferação da cândida. Em alguns casos, basta a tendência para desenvolver a diabetes. O homem não precisa ter diabetes para ter candidíase relacionada aos mesmos fatores. Se você é homem e tem candidíase no pênis, mas não tem diabetes, faça um levantamento do histórico de diabetes em sua família. Caso você não tenha predisposição genética, você pode considerar que esse não é o fator que causa a candidíase em você. É útil fazer um exame de triglicerídeos também, só para ter uma ideia do seu nível de açúcar no sangue. Tem gente que não faz ideia de que tem alto nível de triglicerídeos e isso é um dos indicadores de tendência para desenvolver diabetes no futuro. A cândida se alimenta de açúcar, se você tem muito acúcar no sangue, isso irá favorecer a candidíase.

Fora a diabetes, em casos mais raros, outras doenças que afetam diretamente o sistema imunológico como AIDS, lúpus e artrite reumatóide também estão relacionadas à candidíase no pênis e em outros locais do corpo ainda menos comuns como o couro cabeludo, unhas e locais diversos na superfície da pele. Candidíase oral (na boca e esôfago) também é comum em pacientes que sofrem de doenças imunodepressoras.

Agora, o que é pouco discutido é que intolerâncias alimentares incorrem em inúmeros casos de candidíase em homens sem que esses saibam o que está causando tanto a candidíase quanto inúmeros outros problemas de saúde como problemas digestivos e intestinais, dores de cabeça, cansaço e fadiga crônica, entre outros.

Intolerâncias alimentares são diferentes de alergias. Alergias geralmente são mais drásticas e quem tem alergias, tem conhecimento delas, pois qualquer exposição ao elemento causador da reação alérgica resulta em reações no corpo que podem até mesmo ser fatais.

No caso de intolerâncias, o mesmo não ocorre. Por isso muita gente vive a vida inteira com intolerâncias alimentares sem saber o que é que está errado. Médicos também são de pouca ajuda, pois não existem exames para identificar a maioria das intolerâncias, principalmente em graus mais leves. No entanto, mesmo a mais leve intolerância, com o tempo, pode causar candidíase.

O que é uma intolerância alimentar? Uma intolerância alimentar é um tipo de irritação ou rejeição desenvolvida pelo corpo com o passar do tempo e quanto mais um tipo de alimento é ingerido. É importante que você compreenda esse ponto, pois você pode pensar que não tem alguma intolerância específica, só porque comeu determinado tipo de alimento a vida inteira e nunca teve problemas. Assim como a cirrose que ataca o fígado do alcóolatra somente com o tempo, a intolerância alimentar também não aparece do nada e raramente está presente em pessoas jovens. Ou seja, você pode comer pão a vida inteira e não ter qualquer tipo de reação, mas lá pelos 40 anos, começar a desenvolver intolerância ao fermento e só começar a apresentar sintomas visíveis depois dos 45.

Como não existem exames para descobrir intolerâncias e médicos não possuem bola de cristal, não adianta ir no médico para descobrir se você é intolerante a alguma coisa. Isso só pode ser descoberto por você mesmo, com o passar do tempo realizando testes com alimentos e produtos. O livro Candidíase Tem Cura dá uma boa ajuda ensinando como fazer isso.

Stress e ansiedade também contribuem para que a candidíase se instale em homens, mas sozinhos não têm impacto algum. É preciso que haja algum outro fator para que, desencadeado pelo stress, possa causar crises de candidíase. Esse outro fator pode ser diabetes (ou tendência a desenvolvê-la), outras doenças ou intolerâncias alimentares.

O mais comum é que hajam vários fatores somados, como intolerância alimentar que o homem desconhece ter + stress do cotidiado + vida sedentária + má alimentação + acidez corporal. Esse é um quadro comum e é uma receita de primeira para a candidíase, principalmente no pênis, que dentre todos os locais no corpo do homem é o mais propício para desenvolvimento da candidíase, apesar de como mencionei anteriormente, não ser “tão” convidativo quanto a área vaginal.

A acidez corporal, caso você esteja se perguntando o que é, é uma condição de desequilíbrio do pH do corpo causado por má alimentação e hábitos sedentários. Fungos vivem em ambiente ácido. É por esse motivo que se coloca cloro em piscinas. O cloro, que é a substância mais alcalina na natureza, neutraliza a acidez natural da água e evita que fungos tomem conta da piscina. Lembrando das aulinhas de ciência na escola, a cândida é um fungo e o pH na natureza vai de 1 a 14. Esse índice indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa. Ou seja, quando dizemos “alcalino” estamos nos referindo aos índices acima de 6 e contrários de ácido, os índices abaixo de 5. 5 é considerado um pH neutro, mas na realidade, como no caso da água, tende para ácido.

Há muita confusão sobre esse assunto na internet e muita gente desinformada dizendo que a cândida é um fungo que vive em ambiente alcalino! Basta se lembrar das aulinhas básicas de biologia e ciências na escola para saber que isso não é verdade!

Alguns alimentos tendem a tornar o pH dos fluídos do corpo mais ácido do que alcalino e isso favorece a reproducão de fungos. Existe até uma dieta, chamada dieta alcalina que ensina como controlar o pH do corpo através da alimentação e com isso evitar muitos problemas de sáude, incluindo a candidíase, e perder peso.

Comentários

Para adicionar uma foto ou imagem ao seu comentário crie um "gravatar", clique aqui.
Ao preencher o formulário para comentar, use o mesmo e-mail usado no site Gravatar.


29 Comentários to “Candidíase no pênis – O que pode causar cândida no pênis?”
  1. Arthur says:

    Este foi, de longe,o artigo mais completo eais esclarecedor que eu encontrei. Há um bom tempo venho com problemas recorrentes em determinados órgãos e só depois de fazer o exame de intolerância a lactose, e excluir leite e derivados dainha dieta é que eu tive uma melhora bastante consideravel. Espero ficar curado dessa candidiase, porque é uma coisa extremamente chata e incomoda.

  2. Ruan says:

    Aqui esta tudo muito bem explicado, contraí candidiase da minha esposa, ela ficou boa e eu apesar de tomar o medicamento não. Demorei um pouco pra descobrir que tinha diabeti, agora me tratando deve melhorar, talvez se eu estivesse lido esse artigo antes já teria me atentado para a diabeti

  3. meirileia ruivo says:

    Bom dia
    Meu namorado reclamou de ardencia e sao urinar e qe esta com uma secrecao de odor forte.
    Fiz um exame de rotina e comprovou qe estou com candidiase. sera por isso qe meu namorado esta com esses sintias qe eu relatei .
    Ela ja esta fazendo uso de ATB/ CIPRO.

    • Marta Andrade says:

      Olá Meirileia,

      Por que ele esta fazendo uso de Cipro? Ele está com algum outro problema que justifique o uso de antibiótico? Pergunto, pois antibiótico CAUSA candidíase! Então, isso explicaria esses sintomas nele, independente de você ter tido candidíase ou não.

      Abraços,

      Marta Andrade

  4. shauane says:

    Estou gravida e estou com a candidiase, cmo a minha himunidade ficou baixa ela se manifestou, mas ja comecei o tratamento… Ela encomoda demais e espero ficar melhor logo. Acho q meu marido pegou de mim, cmo esse texto me esclareceu muitas coisas, vou pedir pra ele fazer um teste da glicose.

  5. RUAN Felipe Dos santos says:

    tenho diabete e ando com muita alergia no pênis devido alto açúcar no sangue, existe alguma coisa que posso fazer para ajudar a controlar essa alergia.

    • Marta Andrade says:

      Olá Ruan,

      O que você tem é candidíase, não é uma alergia. É importante fazer esta distinção porque candidíase não é uma reação alérgica e tomar qualquer medicamento específico para alergia não vai fazer nada para melhorar seus sintomas. Diabéticos lutam a vida toda contra a candidíase e apesar de você poder usar medicação antifúngica e pomadas como nistatina para aliviar os sintomas, não há como se livrar completamente da doença, pois a diabetes, sendo incurável, continua permanentemente recriando as condições propícias para a doença. É possível controlar a candidíase em seu caso com uma disciplina muito grande em termos de alimentação.

      Abraços,

      Marta Andrade

  6. Eude says:

    Obrigado

  7. claudio domingos da silva says:

    bom eu tenho 44 anos nunca tive candidiase mas agora to tendo eu ouvi diser que candidiase pegava pela roupa atraves da candida eu gostaria de saber se tem ou nao remedio oneopatico para cura desta porra por eu nao agento mais eu tambem tenho diabete que puder me ajudar eu agradeso do fudo do meu coraçao obrigado

    • Marta Andrade says:

      Olá Claudio,

      O seu problema com a candidíase é causada pela diabetes. A grande maioria dos diabéticos acaba desenvolvendo candidíase em algum ponto e nesse caso, não tem cura. Você pode tomar diversas providências para manter as crises sob controle e até mesmo evitá-las como as ensinadas no livro Candidíase Tem Cura, por exemplo, mas para diabéticos, infelizmente, a luta contra a candidíase é para o resto da vida.

      Abraços,

      Marta Andrade

  8. RUBIATABENSE says:

    Olá!
    Muito válido todo este texto, aborda casos em separado e para quem tem um mínimo de curiosidade basta pesquisar sobre alimentos e seus ph’s que logo poderá começar as experiências em casa no uso dos alimentos que pode ou não ingerir, no caso de alimentos que podem ser intolerados. Eu vivia com esse problema há anos, mas sem uma orientação jamais se acerta o alvo da solução, foi aí que numa preparação de Deus eu li esta matéria e resolvi tirar de uma vez certo hábito matinal de desjejum, e olha que apenas em 24 horas meu corpo reagiu e hoje estou há 5 dias sem usar medicamento para cândida no pênis, mas bastava dois dias para que eu sentisse arduamente os efeitos desta “doença”. Estou aqui agradecendo o seu empenho em ter feito este texto tão útil, pois reclamo da classe médica por só passar paliativos e nunca adentrar os problemas como realmente são, parece que há um acordo entre a indústria farmacêutica e a classe médica para nunca extirpar alguns males visando apenas o lado financeiro. O que eu fiz para solucionar meu problema só me custou a leitura deste texto com a mudança do café da manhã e nada mais e já sou novamente um homem satisfeito nessa parte, muito obrigado!

  9. orlenildo says:

    Olá pessoal me ajudem por favor.
    Contrai essa doença de minha parceira e descobri em maio deste ano. Meu urologista me receitou nitrato de miconazol. Tive de passar 3 vezes nas regiões avermelhadas.
    Só que em julho tive reações e voltaram algumas manchas avermelhadas…. isso é normal?
    Alguem teve essa mesma reação?
    Agora por ultimo apareceu algo igual a um corte redondo no couro do Pênis.
    Meu urologista receitou a mesma pomada.
    Alguem teve reações iguais a minhas…. obs: não sou diabético.

    • Marta Andrade says:

      Olá Orlenildo,

      A candidíase não é uma doença que se “contrai” e só depois você “descobre”. A candidíase é uma doença gerada pelo próprio corpo da pessoa e pode piorar devido a relações sexuais pelo simples fato de que a “mecânica” do ato sexual irrita a pele, devido a fricção do pênis na vagina, não porque a pessoa “pegou” candidíase da outra. Você precisa descobrir o que em seu corpo está causando a tendência para ter candidíase, diabetes é só um dos casos, existem inúmeras possibilidades. Para casos como o seu, eu recomendo o livro Candidíase Tem Cura, pois esse livro ensina como “raciocinar” da forma correta para identificar a causa da doença e neutralizá-la. Só usar remédios não adianta nada, porque há algo em seu corpo recriando as mesmas condições que causam a doença depois do término do tratamento.

      Abraços,

      Marta Andrade

  10. orlenildo says:

    Obrigado. Vou verificar com atenção o livro indicado.

  11. Mercia says:

    Olá,

    Tenho cândida a mais ou menos 1 ano. Ela vai e volta sempre, tenho crises passageiras.
    Sinto dor na relação sexual, tenho ardência e o aspecto leitoso na vagina.
    Sou casada tem apenas 2 meses.
    Na ultima relação sexual com meu marido, ele reclamou de ardência no pênis logo após a nossa relação ( e eu estou no período de crise, senti bastante dor nesse dia na penetração).

    Ele pode ter contraído a cândida de mim?? Ele sentiu a ardência logo após a relação. Por favor me responda!!

    Mercia

    • Marta Andrade says:

      Olá Mercia,

      Sim, você pode ter passado para ele. Você jamais deve ter relações durante uma crise de candidíase, não só pela possibilidade de transmissão, mas também devido às complicações que o ato sexual causa com relação à recuperação da pele. Você acaba retardando a melhora e até mesmo pode ocasionar outra crise. Depois de uma crise de candidíase, você não pode ter relações por 3 a 4 semanas após você já estar melhor! Se você costuma ter relações quando está com crise ou pouco depois de ter melhorado, essa pode ser a razão da sua recorrência. Você não está dando tempo para a sensível pele da vagina se recuperar.

      Abraços,

      Marta Andrade

  12. grace kelly says:

    Oi boa noite! Sou portadora de candidbase crônica, após 12 anos de casamento meu marido há um ano vem sofrendo com a mesma,já é a segunda crise esse ano! Trato com fluconazol 150MG e pomada de cetoconozal mais betamesadona, agora estou em dúvida se precisa repetir o fluconazol após 7 dias????? Obg aguardoa resposta!

    • Marta Andrade says:

      Olá Grace,

      Se você tem candidíase há tanto tempo, ficar tratando não adianta nada, você já viu que não resolve, não é mesmo? Eu indico que você leia o livro Candidíase Tem Cura para entender melhor a doença e aprender como descobrir a causa do problema em você, pois sem essa informação, você simplesmente não consegue curar a candidíase. Curar essa doença não é uma questão de usar o medicamento certo ou “fazer” a coisa certa, mas sim neutralizar a causa da doença, algo que se faz só quando você já sabe qual ela é e sem qualquer tipo de tratamento ou medicamento.

      Abraços,

      Marta Andrade

  13. fabio roberto says:

    obg. muito bom esclarecimento !

  14. Gisele says:

    Olá boa noite!
    A minha dúvida é em relação ao meu marido, ele está procurando médico para saber a respeito dessa possível candidíase, há alguns dias ele teve inflamação na garganta e ficou 7 dias tomando amoxicilina (antibiótico), logo após melhorar não se cuidou e logo voltou a dor de garganta mais fraca… e entao ele resolveu não tomar mais remédio pos já havia tomado 7 dias seguidos… agora apareceram algumas feridinhas em pontos vermelhos na cabeça peniana, ele disse que nao sai secreção, nem ardencia, apenas esses pontinhos vermelhos.. pode ser candidíase? se sim, qual medicamento posso passar a ele? e se é possível a compra na farmácia sem receita?
    muito obrigada!!!

    • Marta Andrade says:

      Olá Gisele,

      Sim, é provável que seja candidíase pois ele tomou antibióticos e esteve doente. O medicamento para candidíase é Fluconazol (uma dose única de 150mg) e qualquer pomada para candidíase pode ser usada no local. Esses medicamentos você compra normalmente sem receita.

      Abraços,

      Marta Andrade

  15. bruno says:

    é possivel ser transmitida por ter relações sexuais com a sua parceira… o aparecimento pode ser causado por a parceira ter tido relações com outra pessoa?

    • Marta Andrade says:

      Olá Bruno,

      É difícil… Mulheres tem candidíase com bastante frequência, é bom saber… A transmissão sexual da candidíase não é comum.

      Abraços,

      Marta Andrade

  16. Maia says:

    Olá, estou com candidiase e minha ginecologista me passou um remédio oral e uma pomada vaginal. Será que não é necessário que meu parceiro tome algum remédio também? Existe algum risco de, mesmo sem apresentar sintomas, ele passar candidiase para
    mim por não ter tomado nenhum remédio?

    • Marta Andrade says:

      OLá Maia,

      Se ele não tem sintomas, ele não tem candidíase e não pode passar a doença “de volta” para você se não tomar remédio. Agora, você não pode ter relações com ele, nem com camisinha até pelo menos 3 semanas após o término dos sintomas para evitar que a doença volte em você.

      Abraços,

      Marta Andrade

  17. wellington says:

    a cerveja fais aumenta a candiadise porque eu quando e tomo parece piora

    • Marta Andrade says:

      Olá Wellington,

      Sim, a cerveja causa candidíase. A cerveja é, de todos os tipos de bebida, a pior para candidíase, pois contém malte de cevada, um ingrediente que faz com que a cândida cresça. Quem tem candidíase não deve consumir nenhum tipo de bebida alcóolica.

      Abraços,

      Marta Andrade

  18. gigio says:

    Olá,

    porque a candidiase no homem está associada a algo grave? Não é possível ter candidiase no pênis sem causa? Tive candidiase no pênis, tomei antifungico oral e usei pomada, o que fez o endema desaparecer, porém o prepúcio ficou continua inchado e colando na glande com uma demora para expor. Mas não dói e não tem mais lesão. Fui ao médico mesmo assim e ao ver inchado ele passou mais uma pomada e falou pra eu abster-me do sexo. Usei a pomada indicada e nada mudou. Fiz examea de sangue e minha glicose deu 78 o que indica ausência de diabetes. Sífilis negativo e nitrito negativo no sumário de urina. Tô com muito medo, pq a aparência não melhora, apesar de não ter feridas ou endemas. Só a pele inchada. Isso indica que ainda tem fungos? Será que vou ter q tirar o excesso de pele?

    • Marta Andrade says:

      Olá Gigio,

      A candidíase no homem está geralmente ligada a algum problema mais sério porque o pênis, ao contrário da vagina, não é um local propício para a proliferação de fungos. Por isso, se o homem chega a desenvolver a doença, a hipótese é de que haja um motivo forte, entente? Ao contrário de mulheres, que desenvolvem a candidíase facilmente, pelos mais variados (e não sérios) motivos. A pele do pênis costuma levar muito tempo mesmo para voltar ao normal. Isso não significa que você ainda tenha candidíase.

      Abraços,

      Marta Andrade

Entre na conversa!

Deixe aqui sua opinião.

A seção de comentários é uma ferramenta de interação entre leitores e feedback para o autor. Não faça perguntas para o autor através dessa seção, o autor não poderá responder.

Current ye@r *